Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Importante vitória: os EUA adotam as iniciativas de OA e OD

Ontem, à noite, recebí uma mensagem do Stevan Harnad comunicando, com satisfação, a vitória alcançada pelos americanos, no estabelecimento do OA  e OD naquele País. Há 5 anos, o NIH já havia conquistado a façanha de estabelecer como obrigatório aos pesquisadores que se beneficiam de seus fnanciamentos, o depósito de suas pesquisas publicadas em revistas científicas com revisão por pares. Agora, esta lei é estendida, conforme email das Sra. Heather a Stevan Harnad, às seguintes agências :

  1. NSF
  2. Dept. OF Education
  3. EPA
  4. NASA
  5. USDA
  6. HHS (NIH, CDC, FDA, ARHQ)
  7. DOC (NIST, NOAA…maybe Census, but not certain)
  8. Dept. of the Interior (USGS)
  9. Dept. of Defense
  10. Dept. of Energy OE
  11. Dept. of Transportation  (FAA, FHWA)
  12. Department of Homeland Security
  13. USDA
  14. Department of State (USAID)
  15. Smithsonian

Entendo que se trata de um marco na luta que a comunidade científica internacional vem realizando para obter acesso livre às revistas científicas,assim como, aos dados de pesquisa. Maiores detalhes poderão ser conferidos no memorando. Infelizmente, optei por dar essa notícia à todos que acompanham este blog do que publicar o memorando constante no link, o que certamente tomaria muito tempo.

fevereiro 23, 2013 Posted by | artigo | , , , , , | 1 Comentário

Um novo periódico em OA: The Journal of Librarianship and Scholarly Communication

Mais uma contribuição da nossa colega Ariadne Chloe Furnival, pesquisadora e professora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) que nos enviou mensagem informando sobre a revista Journal of Librarianship and Scolarly Communication, récem lançada e que trata dos  novos papeis dos profissionais bibiotecários em relação aos novos modos de comunicação científica.

O Librarianship and Scholarly Communication (JLSC) é uma revista trimestral, revisada por pares,  em acesso livre para artigos originais, revisões e estudos de caso que analisam/descreve as estratégias, parcerias e impactos da biblioteca lideradas por projetos digitais, publicação em linha e iniciativas de comunicação científica.

JLSC possibilita  um fórum direcionado aos profissionais de informação com o propósito de  compartilhar idéias, estratégias, pesquisas e explorações pragmáticas  da relacionadas à iniciativas lideradas por bibliotecas relacionadas com áreas como repositório institucional e gestão da coleção digital, biblioteca publica / serviços de hospedagem e esforços em defesa dos direitos dos autores. Como tecnologia de comunicação, acadêmicos, a economia da publicação, e os papéis das bibliotecas continuam a evoluir, o trabalho compartilhado empreendido pelo JLSC informa práticas que fortalecem a biblioteconomia.

O JLSC é um espaço intelectual compartilhado para bibliotecários e demais profissionais da informação que interagem com a comunicação científica, gestores de repositórios institucionais, arquivistas digitais, gestores de dados digitais e profissionais relacionados.

A revista recebe trabalhos de pesquisa originais e de experiência profissional, bem como apresentações em formatos alternativos (por exemplo, vídeo).

A fim de diminuir as barreiras para publicação, JLSC não cobra pela submissão ou qualquer outra forma de taxas do autor.

Editor

JLSC é publicado pela Biblioteca da Pacific University Library. Pacific University (Oregon) é uma entidade privada, instituição de ensino superior com cursos na área de artes com programas de pós-graduação e profissionais em optometria, educação e  áreas da saúde.

 

 

É uma bela iniciativa, que pode acrescentar e contribuir no debate sobre biblioteconomia e comunicação científica.

 

 

maio 17, 2012 Posted by | artigo | , , , , , , , | Deixe um comentário

A Universidade Harvard reclama do preço de Revistas científicas

A Folha de São Paulo publicou no dia 1º de Maio de 2012 matéria com o mesmo título deste post, “Universidade de Harvard reclama do preço de revistas científicas”.

Muito interessante a matéria, em si, e também pelo fato de o referido jornal ter recusado publicar um artigo de minha autoria sobre o Open Access, no ano passado.

A matéria é de autoria da jornalista Sabine Righetti, que enfatiza o fato de a referida universidade incentivar os seus cerca de 2.000 pesquisadores a publicarem em revistas de acesso livre e, caso isto não seja possível, ao publicarem em revistas de acesso pago, que os mesmos garantam que os seus artigos fiquem disponíveis em blogs e sítios de acesso livre.

maio 2, 2012 Posted by | artigo | , , , | Deixe um comentário

   

%d blogueiros gostam disto: