Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

O que os candidatos planejam para a ICT?

Estamos em vias de eleger um novo governo brasileiro. O partido que aí está governando pouco ou nada fez em prol da Ciência, Tecnologia e Inovação (C, T & I). E, o pior, a presidente, Dilma Rousseff, está se candidatando à reeleição. Se em 12 anos o PT e, demais partidos de sustentação desse governo, nada fizeram pela C, T & I e, por extensão, pela Informação Científica e Tecnológica (ICT), certamente, continuarão não fazendo nada para o desenvolvimento da nação brasileira. O momento atual mostra isso

Se esse governo continuar, o que se pode esperar para os próximos 4 anos? À bem da verdade, nenhum governo fez nada pela C, T & I ao longo da história brasileira, salvo aquele que vislumbrou e buscou o desenvolvimento científico e tecnológico do País, em passado longínquo, por meio da criação do Conselho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – (CNPq), criado em abril de 1949, por meio de uma comissão nomeada pelo  Presidente Eurico Gaspar Dutra. que apresentou um anteprojeto de lei que resultou na criação do CNPq. Em seguida, no ano de 1954 foi criado o IBBD – Instituto Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação que, posteriormente, em meados dos anos anos 70, por meio da Resolução Executiva do CNPq n° 20/76, se transformou no Instituto Brasileiro de Informação em C&T,   consolidando-se, então, como órgão que coordenaria, no Brasil, as atividades de informação em C&T. 

Vejam que o governo brasileiro em algum momento teve lucidez e sensibilidade para com a Ciência & Tecnologia, assim como para com a ICT), e  que, hoje, parece não ter mais, pois, há muito tempo que o IBICT deixou de coordenar as atividades de informação em C&T. Essa é uma constatação terrível mas, verdadeira. O que fez esse Instituto ao longo dos úlimos 10 anos? Inclusão Social? Ora, isso não faz parte da sua missão. Nem é preciso discutir se fez ou não alguma ação que contribuisse para a inclusão social, dado que essa ação não faz parte da missão do Instituto. Mas, sejamos objetivos, há muito que o IBICT deixou de atuar em prol do progresso da ciência e da tecnologia, bem como na informação científica e tecnológica.

Enfim, seria perda de tempo discutir essas questões aqui, é preciso saber o que pensam os candidatos à Presidência da República, para que se possa então elegê-lo. Confesso que, as perspectivas existentes são pesssimistas. No cardápio dessas eleições, não se vê da parte de qualquer um dos três candidatos melhores ranqueados discutindo a questão da C, T & I. Evidentemente que, essa questão não dá votos à ninguém. Ou daria? Com a experiência que tive nos últimos 12 anos, certamente, a atual presidente não me recomenda votar em sua chapa, pelas seguintes razões: 1) Foi durante esse governo do PT que, por duas vezes tive a decepção de ser preterido por meio de uma ação política, que considero repugnante, em prol de outro que havia sido rejeitado pela comissão de busca que em tese escolheria o diretor do IBICT 2) A candidata do PT nunca respondeu às minhas mensagens encaminhadas via o sítio do Palácio do Planalto, Fale com a Presidenta. Evidentemente, não sou ninguém e, claro ela não teria nenhuma obrigação de me responder. Entretanto, sou um cidadão brasileiro e, se existe aquele canal de comunicação, imagino que seja para atender aos anseios do povo brasileiro, independente do tema . Foram 5 mensagens enviadas que nunca foram respondidas e, que foram apenas retransmitidas ao ministro da C, T & I de plantão que por sua vez, jamais responderam. 3) Não somente a atual presidente, Sra. Dilma Rousseff jamais respondeu às minhas mensagens, como também o seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva jamais respondeu às minhas mensagens. Isso demonstra o desprezo que essa gente tem com o cidadão brasileiro. Portanto, pelo meu raciocínio, uma candidata já está eliminada do processo de escolha, restam dois outros candidatos: Aécio Neves e Marina Silva

No entanto, por uma questão de isonomia, farei uma carta que encaminharei aos três candidatos e verei o que me responderão. Ao ter as respostas voltarei ao blog para publicá-las.

setembro 1, 2014 Posted by | Sem categoria | 2 Comentários

   

%d blogueiros gostam disto: