Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Novidades no front da publicação periódica eletrônica

Aos leitores deste blog, finalmente publico um novo post, com um pedido de desculpas por não ter publicado muitos posts ultimamente, o fato é que hoje, tenho outras obrigações que me impedem de publicar assiduamente neste blog. No entanto, o fato é que após algum tempo, sem muitas novidades na área. Surge agora algo que deverá interessar à todos que utilizam o OJS ou SEER no Brasil, segundo o nosso colega Eloy Rodrigues, foi lançado recentementes um novo pacote de software que se integra ao OJS, trata-se do FIDUSWRITER, pacote de software que permite aos autores criar os seus artigos para  submissão consecutiva ao OJS. Vejam matéria completa sítio Open Access mantido pela UMinho, intitulada: Novas abordagens para o futuro da Publicação Científica: integração “Fiduswriter” e “Open Journal System”.  Pela referida matéria, o  FIDUS WRITER é um editor de texto colaborativo orientado à escrita científica com a possibilidade de usar citações e fórmulas matemáticas. Trata-se, portanto, de um elemento facilitador para que os autores de artigos elaborem os seus artigos já dentro de um formato aceito pelo OJS. Leiam mais detalhes no link acima.

Anúncios

fevereiro 26, 2014 - Posted by | artigo | , ,

11 Comentários »

  1. Caro professor.

    Sou estudante de Biblioteconomia pela UNIFOR-MG, estou no último ano e o tema de meu TCC é justamente na área de Acesso Aberto. Encontrei bastante material falando do movimento, mas senti falta de alguma coisa falando sobre a importância do profissional bibliotecário para o movimento. Será que o sr. poderia me indicar alguma leitura sobre isto? Uma outra dúvida: as licenças Creative Commons tem algo a haver com o movimento?

    Obrigado.

    Comentário por Udiano Campagner Neto | março 3, 2014 | Responder

  2. Caro professor.

    Sou estudante de Biblioteconomia pela UNIFOR-MG, estou no último ano e o tema de meu TCC é justamente na área de Acesso Aberto. Encontrei bastante material falando do movimento, mas senti falta de alguma coisa falando sobre a importância do profissional bibliotecário para o movimento. Será que o sr. poderia me indicar alguma leitura sobre isto? Uma outra dúvida: as licenças Creative Commons tem algo a haver com o movimento?

    Obrigado.

    Comentário por udiano | março 3, 2014 | Responder

    • Prezado Udiano,

      Obrigado pelo envio de sua mensagem.
      Os bibliotecários participaram desde o início desse movimento, inclusive na reunião em Budapest que decidiu por estabelecer as duas estratégias definidas para se alcançar o acesso livre universal. A participação foi dos bibliotecários foi importantíssimo, pois, no final das contas são eles os maiores responsávei por possibilitar o acesso desse material aos pesquisadores. E foiram justamente eles que deram início a todo esse movimento. Claro que, a participação dos pesquisadores foi fundamental mas, igualmente os bibliotecários tem responsabilidade nesse movimento. Creio que no sítio do Budapeste Open Access Initiative, vc encontre algumacoisa a respeito, pois lá tem boa parte da história desse emovimento, veja em http://www.budapestopenaccessinitiative.org/. VOU verificar se existe algo mais a respeito.

      Um abraço.
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | março 3, 2014 | Responder

  3. Professor, obrigado pelas informações e a presteza. Com certeza serão muito úteis.

    O Sr. me permitiria anexar este nosso contato em meu trabalho, apenas para enriquecê-lo?

    Comentário por udiano | março 4, 2014 | Responder

    • Prezado Udiano,

      Fique à vontade para incluir-em em suas referências e, caso utilize alguns de meus post no Blog do Kuramoto, fique à vontade para incluir-me em suas referências.

      Um abraço.
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | março 4, 2014 | Responder

      • Professor, vou incomodá-lo de novo.

        O Acesso Aberto, segundo entendi, é a disponibilização dos textos científicos sem qualquer restrição, apenas se tendo o compromisso de se citar o autor original . Certo? Minhas dúvidas são:

        1 – Este acesso pode ser estendido a outras produções intelectuais (músicas, peças teatrais, invenções, etc.) ou restringem-se às produções científicas?

        2 – As licenças Creative Commons, por restringirem alguns aspectos (como a utilização para uso comercial) são consideradas “licenças de AA”?

        Mais uma vez obrigado pela atenção.

        Comentário por Udiano Campagner Neto | março 16, 2014

  4. Professor, vou incomodá-lo de novo.

    O Acesso Aberto, segundo entendi, é a disponibilização dos textos científicos sem qualquer restrição, apenas se tendo o compromisso de se citar o autor original . Certo? Minhas dúvidas são:

    1 – Este acesso pode ser estendido a outras produções intelectuais (músicas, peças teatrais, invenções, etc.) ou restringem-se às produções científicas?

    2 – As licenças Creative Commons, por restringirem alguns aspectos (como a utilização para uso comercial) são consideradas “licenças de AA”?

    Mais uma vez obrigado pela atenção.

    Comentário por udiano | março 16, 2014 | Responder

    • Prezado Udiano,

      Obrigado pelo envio de suas perguntas.
      Bem, em primeiro lugar e importante esclarecer que hoje, 72% das revistas científicas comerciais já permitem o livre acesso e eventualmente, inclusive, o autodepósito de artigos publicados em suas revistas, veja estatística sítio ROMeO, 28% das revistas científicas não declararam oficialmente se permitem ou não o livre acesso.
      O compromisso de identificar as citações é anterior ao OA, isto é uma exigência da área como um todo. De uma forma geral, as facilidades proporcionadas pelo movimento OA abrange estpecificamente, a produção científica. Apesar disso, é interessante dizer que outras áreas se beneficiaram dessas iniciativas do OA. Hoje, por exemplo, já existem iniciativas visando a liberação do acesso ao livro, veja o sítio OAPEN. Esse sítio fornece uma platafomra para a disseminação de textos integrais de livros e monografias de uma forma geral.
      Com a criação dos repositórios institucionais e temáticos, nas universidades, o que se tem observado é que não tem havido qualquer restrição e esses repositórios incluem músicas, partituras, peças teatrais, a abertura tem sido mais ampla do que se propôs no início do OA. Não sei se esclareci as suas dúvidas, de qualquer forma, se a duvida paersistir vc pode me contatar pelo meu email pessoal 1lokura2010@gmail.com.
      Além disso, não podemos esquecer o Open Data, movimento que busca disponibilizar o acesso livre aos dados de pesquisa e governamentais.

      Atenciosamente.
      HELIO KURAMOTO

      Comentário por Helio Kuramoto | março 16, 2014 | Responder

    • Olá Udiano,

      Sobre a sua primeira pergunta, a resposta é sim como o professor explicou.

      Sobre sua segunda pergunta, Creative Commons é um conjunto de licenças: CC-BY, CC-BY-SA, CC-BY-NC, … Apenas algumas dessas licenças possue restrição ao uso comercial ou realização de trabalhos derivados. No início desse ano foi lançado a versão 4.0 das licenças Creative Commons que ainda mantem as licenças com restrições ao uso comercial e realização de trabalhos derivados. Dentro da comunidade Creative Commons existe um longo debate se essas licenças restritivas devem ser ou não mantidas e, provavelmente (assim espero), em breve será lançada uma nova versão das licenças Creative Commons que não mais suportam essas restrições pois elas violam várias das declarações de Acesso Aberto.

      Se precisar, pode me contactar por email: raniere@ime.unicamp.br.

      Comentário por Raniere | março 23, 2014 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: