Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

ENSP institui sua política de OA

Em atenção à solicitação de Ana Funiel segue  a notítia, abaixo, informando que a Escola Nacional de Saúde Públic (ENSP) implementa sua política OA tornando obrigatório o registro de toda a sua produção científica, veja abaixo:

“ENSP é primeira instituição brasileira de ensino e pesquisa de saúde a implantar política de acesso aberto ao conhecimento

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP), unidade técnico-científica da Fundação Oswaldo Cruz, tornou-se a primeira grande instituição brasileira de ensino e pesquisa na área da saúde a ter uma política mandatória determinando que toda sua produção científica seja depositada, a partir do dia 11 de setembro de 2012, no repositório institucional de acesso aberto.

Dessa forma, a ENSP alinha-se a um seleto grupo de grandes instituições – como as universidades de Harvard e Cornell e o Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT), nos EUA – que aderiu ao Movimento Internacional de Acesso Aberto ao Conhecimento Científico, ao mesmo tempo que aumenta o impacto dos resultados das pesquisas realizadas na instituição, por meio da maximização do acesso e do uso de sua produção.

O repositório da ENSP é fruto da Política Institucional de Acesso Aberto ao Conhecimento, que vem sendo desenvolvida pela Escola desde abril de 2011. De acordo com alguns estudos, as áreas de ciências da saúde e ciência política obtiveram um aumento de 57% no índice de citações de artigos em acesso aberto. Áreas como psicologia e direito alcançaram 108% de aumento; na área de administração o aumento foi de 92%; e a área de física chegou a 250% de aumento no índice de citações de artigos em acesso aberto.

O Repositório da Produção Científica proporciona grandes vantagens aos pesquisadores, pois aumenta a visibilidade da produção individual e institucional, potencializando as citações, utilização e reutilização de pesquisas feitas por eles próprios, além de contribuir enormemente para reduzir a lacuna existente entre a academia e a sociedade.

Os autores do material científico da ENSP passam a autorizar em caráter permanente e irrevogável, por meio da cessão gratuita e não exclusiva dos direitos de utilização não comercial, a qualquer pessoa, fazer uso da produção científica de sua autoria sem fins comerciais. A permissão inclui reproduzir, exibir, executar, declamar, expor, arquivar, inserir em bancos de dados, difundir, distribuir, divulgar, disponibilizar, emprestar, traduzir, incluir em novas obras, desde que não haja finalidade comercial e respeitando os direitos morais do autor, em especial os direitos de paternidade e integridade.

A ENSP reconhece o respeito aos direitos autorais, sejam eles morais ou patrimoniais, em relação ao conhecimento produzido e entende que é obrigação das instituições públicas garantir que a sociedade tenha acesso ao conhecimento por elas produzido. A democratização e a universalização do acesso ao conhecimento nas ciências e humanidades é condição fundamental para o desenvolvimento igualitário e sustentável das nações. Constituindo-se uma instituição de ciência e tecnologia em Saúde reforça, portanto, os princípios de uma sociedade justa, equânime e solidaria, visando a promoção da saúde e a qualidade de vida das populações.

Acesse o Repositório Institucional de Produção Científica da ENSP em www.ensp.fiocruz.br/repositorio.”

Anúncios

outubro 8, 2012 - Posted by | artigo | , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: