Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Quem tem mais acesso à revistas científicas: pesquisadores brasileiros ou americanos?

Em um post de Stevan Harnad, publicado no último dia 22 de janeiro de 2012, intitulado RWA: quem necessita de Acesso Livre? para que? e por que? Harnad responde a algumas perguntas de Sandy Tatcher (ST). As perguntas  formuladas  referem-se ao contexto americano. No entanto, existem algumas afirmações interessantes de Harnad que achei interessante trazer aos leitores deste Blog, inclusive uma curiosidade que responde ao título deste post.

ST: Você poderia me dizer quantos cientistas, nos EUA, não tem acesso à literatura profissional de que necessita, seja por meio de assinaturas de revistas mantidas pelas instituições às quais são vinculados ou por serviços como o DeepDyve?

Harnad não responde diretamente a essa questão, mas se compromete a dar apenas algumas evidências indiretas, que mostrarei abaixo:

(1) As estatísticas elaboradas pela ARL (Association of Research Library) – atualmente desatualizadas. A estimativa é de que os artigos em revistas científicas que as instituições não conseguem assinar ou licenciar são inacessíveis naquela instituição (biblioteca).

(2) Os dados sobre A vantagem do Acesso Livre sobre Downloads e citações. (indicadores sobre o que está sendo perdido se o acesso é restrito apenas aos assinantes das revistas científicas)

Evidências mais diretas só pode vir a partir de uma pesquisa/levantamento com os pesquisadores ou de um monitoramento automático de suas atividades na web, para ver quantas vezes eles clicam nos links de artigos e são impedidos de acessar devido à solicitação de pagamento (incluindo DeepDyve).

ST: (eu não acredito que seja de responsabilidade do governo americano fornecer acesso às pesquisas a quem quer que seja no mundo).

Harnad comenta/responde dizendo que: Talvez não (embora os pesquisadores americanos não desenvolvam suas pesquisas apenas destinados ao uso, aplicação e novas pesquisas para pesquisadores americanos; e perda de assimilação da pesquisa e progresso é uma perda para todos os pesquisadores e para a pesquisa) – mas as estatísticas da  ARL mostra que nenhuma instituição americana (biblioteca) consegue assinar todos as revistas científicas ou a sua maioria, e muitas conseguem apenas uma pequena fração dessas revistas.

Isto é tudo, perda de impacto da pesquisa e progresso.

HK, pitaco do blogueiro Hélio Kuramoto: É interessante esta resposta de Harnad porque ela mostra a diferença entre o nível de acesso às revistas científicas por parte dos pesquisadores que se encontram em uma instituição americana de ensino e pesquisa e o nível de acesso por parte dos pesquisadores brasileiros lotados em uma instituição de ensino e pesquisa pública brasileira. Talvez isto explique a passividade da comunidade científica brasileira com relação às revistas científicas. No Brasil, o governo brasileiro mantém o Portal de Periódicos da Capes, que fornece acesso à quase totalidade das revistas científicas existentes no globo à mais de 300 instituições de ensino e pesquisa. Nos EUA, cada biblioteca universitária  é responsável pelas assinatura de revistas científicas. Não existe um portal governamental de revistas que seja similar ao referido portal brasileiro.

ST: Quanto da literatura necessária já está acessível através de repositórios, em conformidade com a estratégia da via Verde? ”

Pelo menos 80% não é fornecido – excepto se o depósito for obrigatório, caso em que menos de 20% não é fornecido.

Harnad ainda comenta uma última pergunta de ST, que não será traduzido por este Blog.

Anúncios

fevereiro 23, 2012 - Posted by | artigo | , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: