Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

O Jornal da Ciência e o Open Access

Hoje, finalmente, o meu artigo foi publicado no Jornal da Ciência sob o título: Open Access no Brasil: o PL 1120/2007 pede socorro.

Infelizmente, a conclusão a que chego é a de que o Brasil pegou a contramão do movimento Open Access. E, por um fato ridículo: a Câmara dos Deputados simplesmente arquivou indevidamente o PL 1120/2007.

Trata-se de uma atitude que pode vir causar sérios danos à imagem do do Brasil diante da comunidade científica internacional. Um dos principais líderes do movimento, Stevan Harnad, participou ativamente do processo de elaboração do referido PL e publicou no site ROARMAR o PL 1120/2007 como o único mandato multi-institucional.

Agora teremos que entrar em contato com Stevan para retirar o referido PL daquele sítio que é acessado mundialmente.

Talvez, muitos possam pensar, a minha indignação seja algo menor e, eventualmente, a única pessoa a lamentar. Isto, no entanto, não é verdade: hoje verificando o sítio da petição, 1274 outras pessoas a assinaram. Muitos pesquisadores, professores, estudantes ou profissionais que trabalham com a matéria informação científica. São pessoas que conhecem a importância da informação científica. Gibbs escreveu em 1995 um artigo intitulado: Lost Science in the Third World. No artigo Gibbs relata a dificuldade que uma revista mexicana encontrava para ser indexada por serviços de indexação.

O PL 1120/2007 promove e estimula a implantação de repositórios institucionais nas universidades e institutos de pesquisa públicos brasileiros. Este é o principal mecanismo proposto pelo movimento OA para que o acesso aos resultados de pesquisa sejam acessíveis livremente. Ora, hoje, todo e qualquer repositório institucional é indexado por mecanismos de busca como o Google, Google Scholar, Yahoo e outros.

Em estudos realizados por Stevan Harnad e colaboradores, foi identificado que um documento em OA tem um incremento na ordem de 250% no seu fator de impacto, na área de Física. Ou seja, o autor ou pesquisador ganha uma visibilidade inimaginada antes do evento do Open Access. E, simplesmente, jogamos fora a possibilidade de sermos visíveis na comunidade científica internacional. Evidentemente que a Câmara dos Deputados é totalmente leiga no assunto, mas isto não a impede de consultar o autor da PL ou mesmo os alto assessores que são régiamente pagos com os impostos que a sociedade paga. É o cúmulo da incompetência!!! É preciso valorizar a nosso pesquisador, as nossas pesquisas!

Ao Jornal da Ciência os meus agradecimentos por publicar o artigo em favor do Open Access.

Anúncios

março 30, 2011 - Posted by | Sem categoria | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: