Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

O acesso livre: avanços ou paralisia ? (VI)

Continuando os comentários ao artigo de Stevan harnad, sigo apresentando as razões que vem empatando a implantação do Open Access aos cerca de 2,5 milhão de artigos publicados anualmente nas 25 mil revistas científicas existentes no globo terrestre. A primeira razão foi comentada no post anterior, em seguida vem a segunda razão:

2. Peer-Review (revisão por pares): Como eu posso auto-arquivar em um repositório de acesso livre ? O artigo não é peer-reviewed (não é revisado por pares)!

O auto-arquivamento em repositórios OA refere-se ao auto-arquivamento de artigos publicados em revistas com revisão por pares, antes (preprint) e após (posprint) a revisão por pares. Ou seja, o auto-arquivamento em repositórios OA é um suplemento à – não um substituto para – publicação em uma revsita com revisão por pares. Em outras palavras, o auto-arquivamento em repositórios de acesso livre não substitui a publicação em uma revista científica, ou revista com revisão por pares. O repositório de acesso livre não constitui uma alternativa à publicação ou revista científica, mas contribui para a comunicação científica.

3. Prestige: Como posso auto-arquivar em um repositório de acesso livre? Falta o prestigio da publicação!

Esta é uma questão variante da anterior: a versão auto-arquivada em um repositório de acesso livre apenas fornece o acesso suplementar a um artigo publicado em uma revista científica, portanto, com revisão por pares. O prestígio é resultado do padrão de qualidade da revista onde o artigo foi publicado. O auto-arquivamento meramente maximiza o acesso e impacto.

4. Promotion: Como eu posso auto-arquivar em um repositório de acesso livre? Isto não contará para a avaliação de desempenho!

Novamente, trata-se de uma variante da terceira razão. O auto-arquivamento não é auto-publicação. É o artigo publicado em uma revista com revisão por pares que conta para uma avaliação de desempenho. O acesso suplementar fornecido pelos repositórios de acesso livre serve simplesmente para o incremento do fator de impacto e isto conta também para a avaliação de desempenho.

5. Preservation/Posterity: Como eu posso auto-arquivar em um repositório de acesso livre? Pode não durar para sempre como o papel!

Em primeiro lugar, novamente: O auto-arquivamento em repositórios deacesso livre é um suplemento a – não um substituto para – publicação em uma revista com revisão por pares. Trata-se de uma versão do artigo publicado em revista, seja em papel ou em meio digital, que necessita ser preservado, como sempre foi feito. O objetivo do auto-arquivamento é maximizar o acesso e impacto dos artigos científicos.

Em segundo lugar, os artigos auto-arquivados podem e devem, contudo, ser preservados também. Os mais antigos artigos auto-arquivados por pesquisadores das áreas de ciência da computação e física continuam ainda acessíveis e sendo citados até os dias atuais. Imaginem se os pesquisadores das áreas de físicas e da ciência da computação tivessem ficado paralisados, com a dúvida de queos seus trabalhos deveriam ou não serem preservados? Hoje não teriam os cerca de 1,25 milhão de artigos auto-arquivados sendo acessados livremente e citados ao longo dos últimos 15 anos.

6. Priority: Como eu posso auto-arquivar o meu artigo em um repositório de acesso livre? Eu posso perder a primazia pelo meu trabalho!

A data de depósito do auto-arquivamento público do preprint é a melhor forma de garantir ou estabelecer a primazia mesmo antes da publicação do artigo na revista.

7.Plagiarism/Poaching/Property: Como posso auto-arquivar o meu artigo em um repositório de acesso livre? Meu trabalho poderia ser plagiado!

Todo trabalho que se torna público pode ser plagiado, mas o plágio de um texto depositado em um repositório de acesso livre é mais fácil de ser detetado e documentado. A única forma de garantir que um trabalho não será plagiado é não publicá-lo e nem deixá-lo acessível.

Anúncios

novembro 25, 2010 - Posted by | Sem categoria | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: