Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Via dourada ou via verde: Quem vem primeiro?

Segundo os posts de Stevan Harnad, hoje a estratégia mais recomendada seria a da via verde. Ou seja, a construção de repositórios institucionais e o estabelecimento de mandatos tornando obrigatório aos pesquisadores o depósito de seus trabalhos publicados em revistas com revisão por pares. Ao mesmo tempo, Stevan faz uma crítica às iniciativas açodadas no sentido de apoiar as revistas de acesso livre, que são aderentes ao modelo “autor paga” e consequentemente no contexto da via dourada.

Desde o início do movimento do acesso livre não me parecia claro a existência de prioridade ou sequência entre as duas vias (verde e dourada). No post de Stevan essa dúvida foi esclarecida, o primeiro e prioritário passo é a implantação das iniciativas aderentes à via verde. Ou seja, a construção e implantação de repositórios institucionais e estabelecimento de mandatos de suporte ao auto-depósito. Que, aliás, no final das contas será a estratégia que promoverá a disponibilização dos resultados das pesquisas em acesso livre.

Ficou em um segundo plano as iniciativas aderentes à via dourada. Stevan vai além defendendo a idéia de que nós precisamos de ter mais acesso à literatura científica global e não de criação de novas revistas. Aí está um alerta que o Brasil poderia vestir a carapuça. Vale à pena o esforço de criação de novas revistas científicas no País? Há espaço para isto?

Anúncios

maio 5, 2010 - Posted by | Sem categoria | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: