Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Sintomas da prematuridade de revistas de acesso livre e sua cura

Stevan Harnad escreveu um post no último dia 27 de abril de 2010 intitulado:  Symptoms of Premature Gold OA — and their Cure. Eu tentei fazer uma tradução deste post. Segue o texto desta tradução e, caso haja alguma dúvida veja o link apresentado com o seu original.

O surgimento de revistas aderentes à estratégia da via dourada (principalmente aquelas de alto nível de qualidade, ou altamente seletivas como o PLoS Biology) foram úteis, pois funcionaram como prova de conceito. Hoje existem um número demasiado destas revistas e na sua grande maioria não são de boa qualidade.

A questão é que considero prematuro o surgimento de novas revistas aderentes à estratégia da via dourada. O que é necessário é promover um maior acesso às revistas existentes e não a criação de mais revistas.

Maior acesso a tudo o que já está publicado em algum lugar na hierarquia de qualidade de revistas existentes.  A recente proliferação de revistas aderentes à estratégia da via dourada, de baixa qualidade, é consequência do impulso e pressa provocado pela fenômeno “publicar ou perecer”, e o modelo “autor paga” foi uma irresistível mudança para ambos, autor e editor.

Enquanto isto, os autores têm sido lentos em beneficiar-se da forma de fornecer o acesso livre de custos aos seus artigos publicados: a via verde, auto-depósito ou auto-arquivamento (Green AO self-archiving).

A solução simples e natural para esta lentidão – bem como para o prematuro surgimento de revistas de acesso livre de baixa qualidade – já está disponível: os mandatos de auto-depósito ou auto-arquivamento da via verde (Green OA self-archiving) que estão sendo estabelecidos por instituições de ensino/pesquisa e agências de fomento. Uma vez que a estratégia da via verde (Green OA) prevaleça, em nível global, teremos o acesso necessário a muitas das revistas existentes para todos os usuários. E, não apenas para aqueles das instituições que podem fazer assinaturas, que é a situação vigente. Isto removerá todas as pretensões das revistas que utilizam o modelo “autor paga” que é fornecer o acesso livre (ao invés de apenas conseguir a publicação do seu artigo), desde que a estratégia da via verde do acesso livre (Green OA), na qual os autores fornecem o acesso aos seus trabalhos publicados em revistas existentes, com o seu conhecido histórico de qualidade, e sem ter que pagar nenhuma taxa extra – enquanto as assinaturas continuam a pagar os custos da publicação.

Se e quando a estratégia da via verde (Green OA) se consolidar, as assinaturas, eventualmente, tornar-se-ão insustentáveis – porque as instituições cancelarão suas assinaturas – as revistas existentes, com seus históricos, poderão ser convertidas para o modelo de recuperação de custos da estratégia da via dourada (Gold OA), reduzindo apenas ao fornecimento de revisão por pares (uma vez que o acesso e arquivamento serão feitos pela rede global de repositórios institucionais da via verde – Green OA), com os custos de revisão por pares, únicos cobertos fora da fração da economia causada pelo cancelamento de assinaturas por parte das instituições.

O que impedirá o modelo, “pay to publish”,  de provocar a queda nos padrões de qualidade, sob estas condições? Não será o modelo “pay-to-publish”! Não será falha do modelo “pay-to-be-peer-reviewed”, independentemente de o resultado ser aceito, revisado ou rejeitado. Autores pagarão por cada rodada de revisão. E as revistas (como agora) compõem uma (conhecida) hierarquia de qualidade, com base em seu histórico de padrão de revisão por pares e, portanto, de seletividade.

Estou preparando um artigo sobre isto agora, provisoriamente intitulado “No-Fault Refereeing Fees: The Price of Selectivity Need Not Be Access Denied ou Delayed.”

Anúncios

maio 1, 2010 - Posted by | Sem categoria | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: