Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Projeto piloto de repositórios institucionais

O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e a Universidade de Brasília tentaram criar um projeto piloto de repositórios institucionais, inicialmente, convidando 6 universidades (UNICAMP, USP, UFRGS, UFRJ, UFPE e UFAm). Isto aconteceu no final do ano de 2007 e óbviamente não obtivemos sucesso e a idéia fracassou. Fizemos, agora, uma nova tentativa com a participação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Insere-se a este grupo de instituições de ensino superior a própria Universidade de Brasília (UnB). Já recebemos a confirmação de quase todas as universidades convidadas. A idéia deste projeto é implantar um repositório institucional em cada uma dessas universidade em um tempo bastante rápido, não mais do que 6 meses.

Estive, no último dia 26 de maio, em Florianópolis, a convite da Biblioteca Central da UFSC, para um evento comemorativo do primeiro ano da incubadora de revistas científicas daquela universidade que agora será mantida e gerenciada pela Biblioteca Central daquela universidade. Na oportunidade, fiz uma palestra falando sobre o e-science e também do acesso livre, em especial sobre repositórios institucionais.

Aproveitando a mesma oportunidade o reitor da UFSC, prof. Álvaro Prata, me recebeu e confirmou entusiáticamente o aceite da UFSC em participar do projeto piloto, assim como o seu apoio às iniciativas do acesso livre no Brasil.

Recentemente, estive também com o reitor da UFPE, prof. Amaro Lins, que também me recepcionou de forma entusiástica, aceitando o nosso convite e também apoiando as iniciativas do acesso livre no Brasil.

Acreditamos que a implantação do projeto piloto, assim como a distribuição de recursos tecnológicos, o acesso livre no Brasil se consolide. Quando eu digo iniciativas do acesso livre, eu me refiro às duas estratégias que estamos desenvolvendo, a via verde (repositórios institucionais) e a via dourada (publicações periódicas eletrônicas de acesso livre).

Com relação às ações da via dourada, o Ibict, por intermédio de sua iniciativa de distribuir o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), já promoveu o desenvolvimento de mais de 650 revistas na web. Esse feito é inédito no mundo, tornando o Brasil um dos países com maior número de revistas científicas de acesso livre.

Em recente matéria publicada pelo ministro da ciência e tecnologia, Prof. Sérgio Resende, na Folha de São Paulo e Jornal da Ciência, considera que o aumento da produção científica publicada em revistas indexadas na base internacional de dados Thomson Reuters-ISI se deve à inclusão de revistas científicas brasileiras. Segundo informações desta empresa, o número de revistas científicas brasileiras nesta base passou de 63 em 2007 para 103 em 2008. Esse é um dado curioso e importante, pois, mostra o potencial que estamos criando no País com as iniciativas do acesso livre. A nossa expectativa é que algumas das mais de 650 revistas desenvolvidas por intemédio do uso do SEER possam alcançar um nível de excelência e serem incluídas na referida base de dados. E, consequentemente, teremos uma maior participação na produção científica indexada mundial. Verficamos, portanto, que os nossos esforços não foram e não estão sendo em vão.

Anúncios

maio 28, 2009 - Posted by | Sem categoria | ,

7 Comentários »

  1. Excelete iniciativa! Que tal um projeto piloto também para os institutos de pesquisa?
    Francileila Jatene Cavalcante
    MCT/Museu Paraense Emilio Goeldi
    Belém – Pará

    Comentário por Francileila Jatene Cavalcante | maio 28, 2009 | Responder

    • Prezada Francileila,

      boa sugestão, eu já tinha pensado nisso, mas com o acúmulo de atividades eu acabei não fazendo nenhuma articulação. Mas, vou colocar essa sua proposta na minha agenda de trabalho.

      Cordiais Saudações.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | maio 28, 2009 | Responder

  2. Kuramoto, essa luta é muito cansativa. A energia da gente parece que se esvai…
    Ainda bem que há pessoas, como você, que não perdem a esperança, porque é impressionante o descaso das autoridades (das universidades e do governo) com questões tão caras a um país que necessita alavancar a produção e, principalmente, o compartilhamento das informações acadêmico-científicas.
    abraços, assinei a petição e torço firmemente por você.
    Terezinha (UEL)

    Comentário por Terezinha | maio 28, 2009 | Responder

    • Prezada Terezinha,

      obrigado pela sua mensagem e pelo seu apoio à minha candidatura ao posto de diretor do Ibict. Realmente a implantação do acesso livre no Brasil é uma luta incansável e a gente tem que ter esperanças. Eu costumo adotar aquela política de água mole em pedra dura tanto bate até que fura. É preciso muita paciência, criatividade e persistência.

      Cordiais Saudações.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | maio 28, 2009 | Responder

  3. Paz e bem!

    Quem desejar conhecer o repositóro institucional da UFRGS, o LUME, basta navegar em:

    http://www.lume.ufrgs.br/

    Comentário por Eugenio Hansen, OFS | maio 29, 2009 | Responder

  4. Gostei muito da iniciativa. Preciso escrever um projeto de repositório para apresentar a direção da institioção onde atuo até julho e gostaria muito algumas orientações.

    Monique da Costa Martins
    Bibliotecária CRB9/1445
    Famec – Faculdade Metropolitana de Curitiba
    http://www.famec.com.br

    Comentário por Monique Martins | abril 4, 2011 | Responder

    • Prezada Monique,

      obrigado pelo seu comentário. Estou a sua disposição para discutir sobre o seu projeto de Repositório Institucional. O meu email é: alokura2010@gmail.com. Podemos também, se vc quiser, conversar via o Skype, visto que eu não estou, no momento, no Brasil. O meu skype é:heliokuramoto.

      Um abraço.
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | abril 4, 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: