Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Open Business: a mais nova tendência promovida pelas TICs

Os eventos promovidos pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) mostraram algumas evidências como as que seguem:

  • As mudanças promovidas em todos os setores da sociedade por meio da utilização das tecnologias da informação e da comunicação é um fato irreversível;
  • A utilização dessas tecnologias é fundamental e importante para a inserção do Brasil no bloco dos países desenvolvidos;
  • Essas tecnologias são também mecanismos de redução das igualdades sociais em todo o mundo;
  • A redução das igualdades sociais passa também pela democratização no acesso à informação;
  • Toda e qualquer iniciativa de registro e disseminação da informação deve observar o uso de padrões, protocolos e formatos adotados internacionalmente;
  • Qualquer iniciativa que não utilize esses padrões não terá interoperabilidade com nenhum sistema de informação nacional ou internacional. Em outras palavras, iniciativas que não adotam esses padrões estão fadadas a ficarem totalmente isoladas;
  • O modelo Open está se delineando como um grande e abrangente modelo de negócios e que se mostra compatível e adequado a países em desenvolvimento como o Brasil. Alguns exemplos de modelo Open: software open source, Open Archives, Open Access, Creative Commons.

Essas observações demonstram que as iniciativas que vem sendo realizadas pelo Ibict estão totalmente aderentes à realidade e tendências do mundo globalizado e que, por conseguinte, inserem o Brasil definitivamente nesse mundo.

Alguns dos especialistas estrangeiros chegaram a reconhecer o esforço brasileiro e do Ibict, em particular, mencionando o pioneirismo deste Instituto na construção e implantação da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD). Esse fato ficou demonstrado ao se constatar que a iniciativa brasileira é a segunda maior biblioteca digital de teses e dissertações no mundo.

Não se deve esquecer, também, que o Brasil é o quarto país, no mundo, segundo o site Registry of Open Access Repositories (ROAR), em termos de quantidade de repositórios de livre acesso. Esses fatos indicam, não apenas a posição brasileira nesse mundo, mas principalmente que as ações empreendidas proporcionarão maior visibilidade à nossa produção científica, assim como, revela o alto potencial de o Brasil estar em condições de compartilhar o acesso à produção científica mundial. O resultado desse esforço é a promoção de um maior acesso à informação científica mundial a um baixo custo. Vem daí a importância de o Brasil estabelecer e executar uma política nacional de acesso livre à informação científica.

Anúncios

agosto 27, 2006 - Posted by | Sem categoria |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: