Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Acesso Livre à Informação no Brasil

O Brasil engajou-se definitivamente ao movimento do acesso livre à informação, em especial à informação científica. Diversos eventos foram e serão realizados nesse ano de 2006. Aliás, o Brasil encontra-se nessa luta há muito mais tempo.

No simpósio da UFSC realizado no último dia 9 de maio, Comunicação científica: desafios da inclusão digital, foi comemorado 10 anos da revista Encontros Bibli que teve o seu início já em meio digital, acessível via web e por meio de acesso livre. Portanto, essa revista teve sua publicação eletrônica iniciada em 1996.

Em 1997, surge a iniciativa Scielo, empreendida pela Bireme e financiada pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a qual promove o acesso livre a diversas revistas científicas brasileiras.

Posteriormente, o Instituto Brasileiro de Infomação em Ciência e Tecnologia (Ibict) desenvolve a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), de forma consorciada com diversas instituições, um projeto concebido no âmbito da Biblioteca Digital Brasileiras, o qual foi financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A BDTD adotou o modelo Open Archives, o qual foi uma das sementes do movimento mundial de open archives and open access, o qual surgiu, logo após 2001. Pois bem, a adoção desse modelo foi um dos fatores de sucesso da BDTD que hoje conta com 25 universidades integradas, com um total de cerca de 20.000 teses e dissertações depositadas em texto integral.

Em 2003, o Ibict absorve e customiza o software Open Journals Systems (OJS) para a língua portuguesa e o utiliza para transformar a sua revista Ciência da Informação em revista eletrônica, com todo o processo de gestão e avaliação em consonância com os padrões da comunicação científica. Esse pacote de software recebeu a denominação, no Brasil, de Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas e foi transferido a diversas instituições. Existem, hoje, 85 revsitas científicas brasileiras utilizando esse software. Trata-se de uma tecnologia que utiliza os padrões estabelecidos pela Open Archives Initiative, portanto, o mesmo modelo utilizado pela BDTD. Nesse mesmo ano, o Centro de Informações Nucleares procede a customização do software Open Conferece Systems, software similar ao OJS, mas específico para a gestão e organização de eventos, o qual possibilitar a produção de anais eletrônicos na web, utilizando os mesmos padrões do OJS.

Em 2005, no mês de setembro, foi lançado, por meio de uma conferência virtual, reunindo representates das sociedades e associações científicas, de universidades e unidades de pesquisa, além de pesquisadores, o Manifesto Brasileiro de Acesso Livre à Informação Científica, pelo Ibict. Logo, em seguida, nos dias 20, 21, 22, 23 de setembro, durante o evento 9º Congresso Mundial de Informação em Saúde e Bibliotecas, em Salvador-Ba, foi lançado elaborado e lançado a Declaração de Salvador – Compromisso com a Eqüidade, declaração em favor do acesso livre à informação.

Em 2006, foram e estarão sendo realizados diversos eventos discutindo o acesso livre à informação científica. No dia 9 de maio, a Universidade Federal de Santa Catarina, por meio do seu Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação realizou o Simpósio Comunicação Científica: Desafios da inclusão social. No dia 11 de maio, a Universodade Estadual de Campinas (Unicamp) realizou o Fórum Permanente de Conhecimento e Tecnologia da Informação, enfocando a questão do acesso livre à informação.

Ainda no mês de maio, no próximo dia 31, o Instituto de Estudos Avançados da Universidade Estaudal de São Paulo, IEA realizará o painel Os Periódicos Científicos na Era do Acesso Livre. Deve-se ressaltar também que durante o XI Simpósio de Intercâmbio Científico da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia, foi aprovada pela assembléia do evento a Declaração de Florianópolis em favor do acesso livre à informação. Esse evento teve cerca de 600 participantes pesquisadores ativos na área.

En junho próximo, durante a 58ª Reunião da SBPC, a Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciência da Informação em parceria com o Ibict realizará dois eventos que discutirão o acesso livre à informação: 1) Simpósio Informação e Interdisciplinaridade no Mundo Contemporâneo; 2) Encontro Acesso à Informação em Ciência e Tecnologia: questões políticas, tecnológicas e diferenças disciplinares. O segundo evento, o encontro, produzirá um documento recomendações que serão encampadas pela SBPC como um dos resultados do evento.

Em agosto, o Ibict fará realizar o Simpósio Internacional de Acesso Livre à Informação, no qual participarão convidados internacionais, líderes do movimento do acesso livre à informação, assim como especialistas em Open Archives. Esse eventos será realizado na semana de 21 a 25 de agosto de 2006, além do simpósio, haverá workshops específicos para tratar da BDTD, do SEER e do DSpace. Durante o simpósio o Ibict lançará o Portal de Repositórios e Publicações de Acesso Livre.

Fechando o ano de 2006, á CBBU promoverá a realização do Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias (SNBU), que terá como tema Acesso Livre à Informação Científica e Bibliotecas Universitárias.

Ao longo de 2006 foram, estão e estarão sendo realizados, portanto, diversos eventos tratando da questão do acesso livre à informação, em especial à informação científica. Além dos eventos, várias iniciativas estão também em desenvolvimento, o que assegura a inserção do Brasil nesse movimento, proporcionando condições para que a sua comunidade científica possa registrar, depositar e ter acesso à informação científica de forma livre e aberta. Além dessas iniciativas, não se deve esquecer de que o Brasil está representado na Declaração de Berlim pelo Ibict.

Apesar de ter listado um conjunto de eventos e ações, evidentemente que uma ou outra ação possa não ter sido contemplada, às quais peço as minhas escusas. De toda a forma, verifica-se que a movimentação em torno do acesso livre à informação tem sido intensa e objeto de preocupação da comunidade científica brasileira. Como nós no Ibict temos trabalhado nessa questão, gostaria que a comunidade nos informasse, se por ventura, omiti algum evento ou ação relacionados ao acesso livre à informação. No Portal do Ibict existe um portal sobre acesso livre à informação e nele buscamos inserir todos os documentos, declarações e eventos relacionados a essa questão.

Anúncios

maio 20, 2006 - Posted by | Sem categoria |

1 Comentário »

  1. Adorei seu blog, achei muito util esse tema inclusive eu estou tendo algumas aulas que abordam esse assunto e me ajudou muito ter encontrado esse blog.

    http://sciencepb.blogspot.com/

    By Briggida Azevedo

    Comentário por SCIENCE.COM by Biggida Azevêdo | maio 23, 2006 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: